Mais férias, menos horas extras e mais dinheiro. Médicos satisfeitos com acordo alcançado na Madeira

Acordo assinado esta semana no Funchal fixa limite de horas extraordinárias e regula férias e tempos de descanso. Médicos no arquipélago vão receber mais 700 euros mensais, como incentivo à fixação no sistema regional de Saúde.

Foto
Paulo Pimenta

O governo regional da Madeira assinou esta semana um acordo de revisão dos instrumentos de regulamentação colectiva de trabalho com o Sindicato dos Médicos da Zona Sul (SMZS) e com o Sindicato Independente dos Médicos (SIM).

Sugerir correcção
Comentar