Fugas

Protagonista

Mário Moura: a história do chá dos Açores não cabe em 500 páginas

Mário Moura foi para o doutoramento para se estimular numa fase complicada da vida. No final, apresentou uma obra com mais de 500 páginas sobre a história do chá nos Açores (e não só). Já tem um segundo volume a caminho e vai propor a criação de um museu do chá.