Saúde

Recusa de fármacos inovadores no cancro. Ordem quer responsabilizar peritos

Os doentes a quem for recusado o acesso a medicamentos inovadores que provaram ser eficazes em fases precoces dos cancros poderão, em teoria, avançar com processos contra os peritos ou contra a autoridade do medicamento