Presidente da República felicita desportistas em destaque em várias competições neste domingo

Marcelo Rebelo de Sousa felicitou um conjunto de desportistas portugueses que se destacaram este fim-de-semana, desde o ténis de mesa, passando pelo futebol de praia e pelo padel.

Marcelo Rebelo de Sousa
Foto
LUSA/ANTÓNIO COTRIM

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, felicitou neste domingo o conjunto de desportistas portugueses que se “destacaram” no fim-de-semana “nas diversas modalidades e competições”.

“São apenas alguns entre muitos, que com o seu esforço e dedicação, representam Portugal, nos mais altos valores do desporto, demonstrando, mais uma vez, que quando somos bons somos dos melhores”, refere a nota.

Na página da presidência são referidas as medalhas de prata masculina e feminina nos europeus de ténis de mesa por equipas, bem como o triunfo de Ana Catarina Nogueira no Madrid Master, tornando-se a primeira portuguesa a vencer uma prova do World Padel Tour.

Igualmente em destaque, o triunfo da selecção de futebol de praia na Liga Europeia, com 4-2 à Rússia na final disputada na Figueira da Foz, que lhe valeu isolar-se no palmarés com seis títulos, seguida pelos cinco de Espanha e Rússia.

Este êxito mereceu também as felicitações do presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes, que destacou a “brilhante conquista” de uma equipa nacional “que sabe sempre superar-se a si própria nas horas decisivas”.

“A todos os nossos jogadores, ao Mário Narciso e a sua equipa técnica e a todo o staff agradeço a forma como prestigiam o desporto nacional e o próprio país”, completou.

Também Rosa Mota se sagrou neste domingo campeã da Europa na sua categoria no corta-mato dos Europeus de veteranos de atletismo, que estão a decorrer em Veneza, Itália. A campeoníssima portuguesa, campeã olímpica da maratona em 1988, foi a melhor do escalão mais de 60 anos — tem 61 — e cumpriu os quatro quilómetros da prova em 15.14 minutos, à frente de Pauline Moran, da Irlanda (15.26), e de Maria Lorenzini, de Itália (16.24).