Ana Catarina Nogueira chega ao topo do padel mundial

A jogadora portuguesa conquistou neste domingo o Madrid Master, um dos quatro torneios mais importantes do World Padel Tour.

Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria
Fotogaleria

À terceira foi de vez. Depois de nas últimas três etapas do World Padel Tour (WPT) disputar a final do Swedish Padel Open e do Mijas Open, Ana Catarina Nogueira chegou na manhã deste domingo ao topo do padel mundial. No jogo decisivo do Madrid Master, um dos quatro torneios mais importantes do circuito mundial, a jogadora do Porto e a espanhola Paula Josemaría derrotaram Patty Llugano e Eli Amatriaín, por 6-4 e 6-3. Pela primeira vez, um padelista português conquista um torneio do WPT.

Depois de afastarem nos quartos-de-final a dupla n.º 3 (Lucía Sainz e Gemma Triay) e nas “meias” a n.º 2 (Alejandra Salazar e Ariana Sánchez), as rivais de Nogueira e Josemaría na final foram Patty Llugano e Eli Amatriaín, jogadoras que repartem o nono lugar do WPT e surpreenderam na meia-final ao afastarem Marta Marreno e Marta Ortega, a dupla n.º 1 mundial.

Numa final inédita – Llugano e Amatriaín ainda não tinham qualquer presença num jogo decisivo este ano , a partida foi sempre muito bem controlada por Nogueira e Josemaría. E, mais uma vez, a experiência da portuguesa (40 anos) e a explosividade da jovem espanhola (22 anos) funcionaram na perfeição.

A final começou com um break conseguido por Nogueira e Josemaría, mas com as duas duplas receosas e a correrem poucos riscos, o jogo foi-se desenrolando com pouco mais táctica do que espectáculo. Sem que ninguém assumisse um ascendente claro, Llugano e Amatriaín também conseguiram quebrar o serviço no quarto jogo, mas nos momentos decisivos o jogo começou a pender para Nogueira e Josemaría.

Com a jogadora portuguesa a preparar bem os pontos e a criar oportunidades para a jogadora de Moraleja, município espanhol bem próximo de Cáceres e da fronteira portuguesa, aplicar o seu potente golpe de esquerda, o primeiro set fechou com novo break e a vitória luso-espanhola, por 6-4.

O segundo set foi uma réplica do primeiro. Logo no primeiro jogo, novo break para Nogueira e Josemaría. Porém, Llugano e Amatriaín, uma das duplas mais consistentes do WPT, voltaram a reagir bem e ao sexto jogo deixaram de novo tudo empatado (3-3).

A possível reacção das espanholas foi, no entanto, cortada de imediato. Com personalidade, as novas campeãs do Madrid Master fizeram um “contra break” e mostraram superioridade no court da capital espanhola.

Com pouco mais de hora e meia de partida, o segundo set terminava com 6-3 e, com justiça, estava garantido o primeiro título da história de um jogador português no WPT.

O triunfo no Madrid Master colocará Ana Catarina Nogueira bem próxima do top-10 no ranking mundial - ocupa actualmente o 12.º lugar do WPT - e vai permitir que Paula Josemaría entre nas 16 melhores jogadoras do circuito, posição que no final da época garante um lugar no Master Final, torneio que vai ser realizado em Dezembro, em Barcelona.

O World Padel Tour regressa daqui a cerca de dez dias e será em Portugal que Ana Catarina Nogueira vai jogar pela primeira vez com o estatuto de vencedora de um torneio do WPT: entre 17 e 22 de Setembro, os jardins do Casino do Estoril vão ser o palco do Cascais Padel Master.