Opinião

E você, gosta de maiorias absolutas?

Há algo no funcionamento de um governo maioritário, talvez um menor escrutínio parlamentar ou da assembleia municipal, que o leva a gastar mais.

António Costa disse em entrevista à TVI que os portugueses não gostam de maiorias absolutas. José Sócrates sentiu-se atingido e prontificou-se a escrever um artigo no Expresso defendendo os méritos da sua governação. Na quarta-feira, Costa foi à SIC e invocou Deus para dizer que não queria atingir Sócrates. Será que temos boas razões não apreciar maiorias, como diz o primeiro-ministro?