Privacidade

YouTube paga 154 milhões e deixa de mostrar anúncios personalizados em vídeos infantis

Autoridades nos EUA acusaram a empresa de recolher dados de crianças para publicidade, sem pedir autorização aos pais.