Incêndio em barco na Califórnia matou 34 pessoas

O Conception tinha a bordo 39 pessoas. As buscas por sobreviventes foram canceladas.

Foto
Residentes homenagearam vítimas do desastre Reuters/KYLE GRILLOT

Autoridades norte-americanas disseram esta terça-feira que 34 pessoas morreram devido a um incêndio de uma embarcação de recreio na costa sul da Califórnia, nos Estados Unidos, na madrugada de segunda-feira. As buscas por sobreviventes foram canceladas.

A embarcação, Conception, tinha a bordo 39 pessoas, seis tripulantes e 33 passageiros. Apenas cinco sobreviveram, todos membros da tripulação que estavam acordados no convés e que saltaram para a água quando o incêndio deflagrou, sendo depois resgatados por uma outra embarcação e levados para costa, segundo a guarda costeira.

PÚBLICO -
Foto
Barco foi consumido pelas chamas e afundou-se enquanto bombeiros combatiam incêndio REUTERS

Os investigadores ainda não determinaram como é que o incêndio começou. A embarcação estava na altura ancorada perto da ilha de Santa Cruz, a cerca de 145 quilómetros a oeste de Los Angeles.

O xerife Bill Brown, do condado de Santa Barbara, afirmou que os corpos de 20 vítimas foram recuperados e que os mergulhadores viram entre quatro a seis outros nos destroços do navio afundado. Adiantou que se está a tentar estabilizar a embarcação para que os mergulhadores possam recuperar aqueles restos mortais.

A maioria terá de ser identificada por análises de ADN e as autoridades estão a recolher amostras de familiares, disse ainda Brown.

O Conception, de 23 metros, fazia uma viagem de três dias às ilhas que formam o Parque Nacional Channel Islands, no Oceano Pacífico.

Pensa-se que as vítimas estivessem a dormir nos compartimentos abaixo do convés, tendo ficado presos pelas chamas. 

“Este é provavelmente o pior cenário que podíamos ter”, lamentou, noutras declarações desta terça-feira, o xerife do condado de Santa Bárbara, Bill Brown. “Percebemos o tremendo fardo que [as famílias] carregam, com a espera para perceberem exactamente o que aconteceu e como estão os entes queridos”, prosseguiu.

As autoridades já abriram uma investigação às causas do incêndio. As equipas de salvamento não conseguiram subir a bordo do barco, que acabaria por se afundar enquanto os bombeiros combatiam o incêndio.

“Enquanto ardia, ouviam-se explosões a cada par de minutos. Provavelmente eram os tanques de oxigénio para mergulho a explodir. Fez-me sentir impotente”, afirmou Bob Hansen, uma das pessoas que testemunhou o incêndio, em declarações ao Los Angeles Times.

Notícia actualizada às 21h02. Não há sobreviventes, 34 pessoas morreram neste acidente