Cinco tripulantes de veleiro resgatados após naufrágio ao largo da Póvoa de Varzim

Um barco de pesca que se encontrava nas proximidades resgatou os tripulantes, quatro franceses e um belga.

O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento da Marinha em Lisboa
Foto
O Centro de Coordenação de Busca e Salvamento da Marinha em Lisboa D.R.

Uma embarcação à vela, de bandeira francesa, naufragou esta segunda-feira de madrugada ao largo da Póvoa de Varzim, tendo os cinco tripulantes sido resgatados por um barco de pesca que se encontrava nas proximidades, disse fonte da Marinha.

Fernando Pereira da Fonseca, porta-voz e relações públicas da Marinha e da Autoridade Marítima Nacional, disse que dois tripulantes “apresentavam queixas”, pelo que foram transportados ao hospital.

O alerta de socorro foi recebido no Centro de Coordenação de Busca e Salvamento (MRCC) às 04:14 e o acidente ocorreu a 56 quilómetros a oeste da Póvoa de Varzim, no distrito do Porto.

Segundo o responsável, participaram na operação a embarcação de pesca “Foz da Nazaré”, que se dirigiu para o local onde encontrou “o “Trimaran”, de bandeira francesa, voltado com os cinco tripulantes na água”.

“Foram realizadas as primeiras acções de salvamento até à chegada de um helicóptero EH-101 da Força Aérea Portuguesa, que resgatou os cinco náufragos, todos do sexo masculino, quatro de nacionalidade francesa e um belga”, acrescentou.

No local esteve ainda uma embarcação da Estação Salva-Vidas da Póvoa de Varzim e Vila do Conde.

Os dois tripulantes foram transportados para o Hospital do Barreiro, uma vez que o helicóptero que participou na operação de busca pertence à Base Aérea do Montijo, segundo explicou à Lusa o porta-voz da Marinha.

A operação de salvamento terminou cerca das 06:18, quando foi resgatado o último tripulante.