As batalhas mais quentes das legislativas

Nos círculos eleitorais que elegem mais de metade dos deputados, o PS apostou em pesos pesados como cabeças de lista, o PSD escolheu candidatos estreantes.

,Joao Relvas
Fotogaleria
Nos maiores círculos eleitorais, como no Porto (Hugo Carvalho), o PSD escolheu estreantes para número um LUSA/JOÃO RELVAS
Assunção Cristas
Fotogaleria
Jerónimo de Sousa (CDU) e António Costa (PS) defrontam-se em Lisboa. Também Assunção Cristas é cabeça de lista na capital Miguel Manso
,Aliança
Fotogaleria
Pedro Santana Lopes (Aliança) é o único antigo primeiro-ministro na corrida MIGUEL MANSO
Fotogaleria
João Almeida concorre pelo CDS em Aveiro e Assunção Cristas muda-se de Leiria para Lisboa Paulo Pimenta
,Cristiano Ronaldo
Fotogaleria
Pardal Henriques tenta a sua sorte em Lisboa, pelo PDR LUSA/MIGUEL A. LOPES
,Bloco Esquerdo
Fotogaleria
Joana Mortágua é cabeça de lista do BE em Setúbal. A irmã, Mariana, vai na lista de Lisboa Enric Vives-Rubio

Os círculos de Lisboa, Porto, Braga, Setúbal e Aveiro elegem mais de metade dos deputados da Assembleia da República. Para cabeças de lista, nestes principais distritos, o PS voltou a apostar em figuras com peso nacional ou com experiência, enquanto o PSD escolheu candidatos estreantes. O CDS tem duas mulheres a liderar os dois principais círculos; o BE candidata, de novo, a sua líder pelo Porto; e a CDU mantém Jerónimo de Sousa por Lisboa. O PÚBLICO analisou os cinco círculos eleitorais (incidindo nos partidos que já têm assento parlamentar) que elegem 141 dos 230 deputados: