Joana Nogueira e Tiago Pinho cresceram em Sever de Vouga e agora trabalham em Lisboa. Viajaram á boleia durante 11 meses. Nuno Ferreira Santos
Perfil

Joana e Tiago foram de Budapeste à Indonésia em carrinhas, tractores e ferries

Foram quase sempre à boleia, trataram dos vistos na estrada e levaram uma tenda às costas. Desde que chegaram de uma viagem de onze meses, Joana Nogueira e Tiago Pinho acordam sempre com a mesma pergunta: “E agora?”

Joana e Tiago apanharam um avião até Budapeste e daí atiraram-se à boleia até um destino final que ficava cada vez mais longe quanto menos difícil eles se apercebiam que seria lá chegar. Ele perguntou-lhe se achava que conseguiam chegar à Índia, sempre por terra. Ela não se deixou ficar e respondeu-lhe que quem chega à Índia, chega ao Sudeste Asiático. Onze meses depois, Tiago Pinho estava há dez dias a andar a pé por Timor-Leste e a cansar-se sempre com a mesma pergunta: “Quando é que sabes que já chega de viajar?”