Jogos com História: O retrato da Itália numa rivalidade futebolística

Em 1985, Maradona desafiou as leis da física para fazer um golo que derrotou a Juventus. O Nápoles deixava um aviso e cumpriu-o dois anos depois, conquistando o seu primeiro título.

Há oito anos consecutivos que a Juventus é campeã de Itália. E em metade dessas ocasiões, incluindo as duas edições mais recentes da Serie A, o segundo classificado foi o Nápoles. Há outros epicentros históricos do futebol italiano, claro, com Roma e Milão à cabeça. Mas nos últimos tempos a rivalidade entre o clube rico do Norte e alma sulista do Nápoles tem sido a imagem de marca do calcio. Este sábado, as duas equipas voltam a encontrar-se, para mais um episódio desta saga quase secular.