Inês Flor cozinha com uma esferográfica

Fotogaleria

Inês Flor cozinha (memórias) com uma esferográfica, muitos riscos para a frente, outros tantos para trás. É uma receita demorada que exige paciência — e que se come com os olhos, servida numa folha de papel. Não se podem provar as ilustrações que a artista plástica de 22 anos fez a preto e branco, como as fotografias das pessoas que vieram antes dela, mas também não é a barriga que elas querem reconfortar. 

Para a exposição na Quinta da Cruz, em Viseu, Inês Flor "não quis desenhar alimentos ou pratos", conta ao P3. Antes, quis retratar outros ingredientes que não se guardam em prateleiras mas, diz-se, também são essenciais na cozinha, "desde a colheita até à chegada à mesa". Pelo menos, foi o que ela aprendeu dentro do restaurante dos pais e que partilha agora em Notas visuais sobre sabores e devaneios, exposição que pode ser vista até 1 de Setembro. Inês nasceu numa aldeia da Guarda e mudou-se para Viseu para estudar na Escola Secundária Alves Martins, que tinha o curso de Artes Visuais.

A Quinta da Cruz – Centro de Arte Contemporânea, em Viseu, lançou o desafio de ilustrar o tema Viseu – Destino de Gastronomia a Leslie Wang, artista taiwanesa e a três artistas portuguesas: Inês Flor, Carolina Maria e Rosário Pinheiro. Enquanto uma ala do espaço recebe A journey through taste, exposição de Wang, a outra ala alberga rotativamente o trabalho das artistas portuguesas, até 24 de Novembro. 

Ilustração de Inês Flor
Ilustração de Inês Flor Eduardo Ferrão
Ilustração de Inês Flor
Ilustração de Inês Flor Eduardo Ferrão
Ilustração de Inês Flor
Ilustração de Inês Flor Eduardo Ferrão
Ilustração de Inês Flor
Ilustração de Inês Flor Eduardo Ferrão
Ilustração de Inês Flor
Ilustração de Inês Flor Eduardo Ferrão
Ilustração de Inês Flor
Ilustração de Inês Flor Eduardo Ferrão
Ilustração de Inês Flor
Ilustração de Inês Flor Eduardo Ferrão
Sugerir correcção