O ódio político está a expulsar brasileiros do seu país

Portugal é um dos destinos que mais recebe brasileiros que se dizem perseguidos pelas suas ideias políticas, num país em que a polarização parece não ceder um milímetro. O PÚBLICO foi conhecer quem já cá está, quem já cá esteve e voltou, e quem está a chegar.

Foto
Elisangela e Renato Rocha queriam um futuro melhor para a filha Andreia Gomes Carvalho/PÚBLICO

Elisangela Rocha abre a porta de sua casa, na Ameixoeira, com um sorriso e ostenta orgulhosa uma camisola em que se pode ler “Mulheres contra o fascismo”. No hall de entrada está pendurada uma bandeira com as cores do arco-íris, símbolo do movimento LGBTI+. Mais tarde irá confidenciar que usa aquela camisola durante a entrevista com o PÚBLICO propositadamente, por ser algo que não poderia fazer no Brasil, país onde vivia até há três meses.