Leonardo Jardim arriscou, mas o Mónaco continua em crise

O treinador português chamou ao “onze” dois reforços recém-chegados ao clube, mas nem isso o salvou de mais um desaire em França.

Slimani a finalizar neste domingo
Foto
Slimani a finalizar neste domingo DR

O Mónaco empatou a dois golos frente ao Nimes, neste domingo, em partida da terceira jornada da Liga francesa. Com este resultado, ambas as equipas sabem que terminarão a ronda em zona de descida, com apenas um ponto em três jogos.

Para este jogo, no principado, Leonardo Jardim arriscou. Chamou ao “onze” Adrien Silva e Islam Slimani, ambos recém-chegados ao clube e ambos com pré-temporadas de pouca competição. Também Gelson e Gil Dias foram a jogo.

A opção do treinador português pareceu, de início, compensar: Slimani recebeu um passe de Onyekuru e rematou rasteiro, no centro da área, fazendo o 1-0. Ainda antes do intervalo, Ben Yedder fez o 2-0, num lance confuso na área do Nimes.

Tudo parecia estar a correr bem, mas a expulsão de Jemerson, aos 55 minutos, mudou a história do jogo. Philippoteaux reduziu aos 70 minutos, numa falha de marcação da defesa do Mónaco e Denkey empatou aos 82’, num contra-ataque.

Em três jogos, o Mónaco soma três expulsões, algo que pode ajudar Jardim a controlar a contestação dos adeptos.