,Cultura
, Cotesia: Tropenmuseum,Cotesia: Tropenmuseum,Cotesia: Tropenmuseum,Cotesia: Tropenmuseum
Entrevista

“Muitos museus europeus vêem-se
como espaços cívicos, mas para eles
os cidadãos são os europeus brancos”

Wayne Modest especializou-se em Cultura Material. Habituado a tratar temas incómodos como a escravatura e a colonização, este investigador que trabalha na Holanda quer museus mais inclusivos e mais intervenientes no debate público. A História, diz, tem de ser contada de uma maneira menos simplista em que os “heróis” também possam ser “vilões”.

Wayne Modest tem dedicado a sua carreira aos objectos nos museus, mas àqueles que lhe permitem falar de diferentes culturas, de deslocações de pessoas, de sentimentos de pertença a um lugar, de temas difíceis como a escravatura e o colonialismo.