Crónica

Quem é que manda?

António Gramsci tinha 1,5m de altura, prognatismo mandibular, o crânio enroscado entre as clavículas e uma corcunda — indícios de que sofria de espondilite tuberculosa. A prisão do pai fê-lo trabalhar desde os sete anos, para ajudar a criar uma família de sete irmãos. Após fundar o Partido Comunista Italiano, viajou até à União Soviética, onde se casou e teve dois filhos. De regresso a Itália, para organizar a oposição ao regime fascista, foi mandado prender por Mussolini, que o conhecia dos anos em que foram militantes do Partido Socialista. Gramsci não voltaria a ver a sua família. A saúde deteriorou-se nos oito anos em que esteve preso e morreu aos 46 anos, sem chegar a conhecer o filho mais novo.