Sérgio Conceição: “Dou tanto ao FC Porto que podem levar a minha cabeça”

O treinador fez a antevisão do jogo frente ao Benfica, marcado para este sábado, às 19h, no Estádio da Luz.

O técnico portista anteviu o clássico deste sábado
Foto
O técnico portista anteviu o clássico deste sábado Reuters/CARL RECINE

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, garantiu que uma eventual derrota frente ao Benfica, neste sábado (19h), não o faz temer o despedimento. “Vi o Drulovic [ex-jogador de FC Porto e Benfica] dizer que se eu perdesse os adeptos iriam ‘pedir a minha cabeça’. Eu digo que a podem levar. Eu dou tanto ao FC Porto que podem levar a minha cabeça sem problema”, disparou , nesta sexta-feira, na antevisão da partida.

Acerca do adversário, o técnico portista – que falou de um Benfica “com um dos melhores plantéis dos últimos anos” – garante que não vai dar atenção particular a nenhum jogador, nem mesmo a Rafa, um dos jogadores mais influentes da equipa “encarnada”.

“Não estamos focados no Rafa, no Rui Costa, no Mantorras, não vale a pena ir por aí”, disse, antes de detalhar a análise ao Benfica: “É uma equipa extremamente dinâmica. Tem mobilidade interessante na frente e sabe usar a profundidade no último terço. Estamos atentos a isso e a momentos em que não tem a bola: o Benfica gosta de dar iniciativa ao adversário, para depois sair em contra-ataque. Isso é o espectáculo”.

Questionado sobre os bons resultados do Benfica no início de temporada, Conceição sugeriu que, porventura, os adversários não têm conseguido explorar os pontos fracos da equipa de Bruno Lage. “Não quero dar uma de professor, mas, se calhar, os adversários não foram capazes de explorar as fragilidades e os erros que todas as equipas cometem. Não há equipas 100% eficazes durante os 90 minutos de jogo”.

O Benfica, líder do campeonato, com seis pontos, e o FC Porto, sexto, com três, defrontam-se a partir das 19h00 deste sábado.

Sugerir correcção