Por Treze Razões: do suicídio para o whodunnit

A temática do suicídio espelhada na primeira temporada despertou preocupação e um receio de que a série pudesse estar a romantizar a ideia – levando a Netflix a retirar a cena da morte da protagonista. Agora, a terceira temporada arranca com a ideia do suicídio já longe, mas com a morte sempre presente.

Foto
O actor Dylan Minnette David Moir/Netflix

A terceira temporada da série Por Treze Razões (13 Reasons Why, no título original) arranca nesta sexta-feira na Netflix e afasta-se de vez da temática do suicídio, narrada pela voz da adolescente Hannah Baker (interpretada pela australiana Katherine Langford). Agora, o mote da nova temporada é o homicídio do vilão Bryce Walker (Justin Prentice) — e, mais importante, de quem o terá matado. A série juvenil adaptada do best-seller de Jay Asher chegou a ser criticada por parecer romantizar a ideia de suicídio, o que levou os seus produtores a estender a mensagem de prevenção além da série, divulgando conselhos e linhas de apoio.