William e Kate apanharam um voo low cost para passar férias com a rainha

As comparações com a decisão de Harry e Meghan se deslocarem em jactos privados não se fizeram esperar.

,Príncipe William, duque de Cambridge
Foto
O casal no torneio de Wimbledon, no mês passado Andrew Couldridge/Reuters

William e a família apanharam um avião low cost para ir visitar a avó, a rainha Isabel II, à Escócia. As comparações com a decisão de Harry e Meghan se deslocarem em jactos privados não se fizeram esperar. William foi aplaudido pela sua opção, já Harry foi acusado de hipocrisia por defender o ambiente e não escolher voos comerciais.

William, Kate e os filhos viajaram na Flybe para Aberdeen, a caminho de Balmoral, a residência escocesa de Verão da rainha. Os jornais britânicos avançam que o voo custou 73 libras por pessoa (85,56 euros) e publicou fotos de William a carregar a bagagem da família e os filhos atrás. O Palácio de Kensington recusou-se a comentar o voo.

“Tivemos o prazer de receber o duque e a duquesa de Cambridge e a sua família a bordo de um de nossos voos novamente, desta vez quando voaram de Norwich para Aberdeen com nossa parceira, a Eastern Airways”, declarou a companhia aérea britânica Flybe em comunicado.

A viagem aconteceu depois de, no início desta semana, o irmão mais novo de William, Harry, ter sido criticado pelos meios de comunicação britânicos e condenado pelas redes sociais por ter optado por usar voos privados durante as suas deslocações para Ibiza e Nice, na companhia da mulher, Meghan, e do filho de três meses, Archie. O tablóide Sun puxou para a primeira página o título: “Wills dá a Harry uma lição de voo”

O cantor Elton John veio a público defender Harry e Meghan, declarando que foi ele quem pagou as viagens por uma questão de segurança e que também pagou o carbono emitido.