Identidade de género: “Estão em causa crianças e jovens que se sentem alvo de chacota”

Mães de crianças e jovens trans lamentam polémica associada à publicação do novo diploma sobre identidade de género e lembram que a questão vai além da utilização das casas de banho. Secretário de Estado da Educação refere que está em causa a protecção de cerca de 200 alunos do ensino não superior.

Foto
daniel Rocha

O filho de Isabel Rodrigues, hoje com 19 anos, começou a transição de género no início do ensino secundário. “Na altura em que isto aconteceu ainda não se podia mudar o nome e o género aos 16 anos [passou a ser possível no ano passado], mas falei com a escola e com o director de turma e aceitaram tratá-lo pelo nome que hoje tem. É algo muito importante para estes jovens”, lembra a mãe.