El Salvador

Novo julgamento absolve mulher condenada a 30 anos de cadeia por dar à luz nado morto

Evelyn Hernández tinha sido condenada por homicídio agravado em 2017, após ter dado à luz um nado-morto, o que a justiça considerou ser um aborto. O julgamento foi repetido.