Vagas no pré-escolar: há mais queixas, mas são localizadas

Sintra garante que houve lugar para todas as crianças, Lisboa esgotou as novas vagas que abriu e em Setúbal ainda há 210 crianças em lista de espera. Para já, ministério não vai divulgar balanços.

Foto
Falta de vagas abrange sobretudo crianças com 3 anos de idade Daniel Rocha

No Portal da Queixa, uma rede social de consumidores, continua a subir o número de reclamações de pais por não terem conseguido ainda vagas para os filhos, sobretudo na educação pré-escolar. Desde o fim de Julho até esta quarta-feira, 14 de Agosto, passaram de cerca de uma dezena para perto de 30.