Agentes da PSP metem baixa e deixam Divisão do Seixal e de Almada sem meios

Faltas motivaram comunicação do Comandante Distrital de Setúbal aos seus oficiais, chefes e agentes. Manuel Viola Silva diz que esta forma de protesto apenas coloca em risco os restantes polícias. Movimento Zero incentivou os agentes a meterem baixa entre 15 e 18 de Agosto.

Foto
Vários agentes meteram baixa médica. O Movimento zero tem incentivado as baixas médicas como forma de protesto dos policias. Nelson Garrido

Oito agentes da PSP da Equipa de Intervenção Rápida (EIR) da Esquadra de Intervenção e Fiscalização Policial (EIFP) do Seixal, que iriam estar de serviço das oito da manhã às 20h desta quinta-feira, faltaram ao serviço. Sete meteram baixa médica e um deles meteu assistência à família.