Billie Eilish suspende colecção de moda após acusação de plágio

A jovem cantora Billie Eilish pôs em banho-maria a sua linha de roupa inspirada no universo do anime depois de algumas peças lhe terem valido acusações de plágio.

,Música
Foto
A colecção foi retirada da venda na loja online da compositora Henry Nicholls/Reuters

Billie Eilish, de 17 anos, avançou com uma colecção de peças essenciais, inspiradas no universo da animação japonesa em colaboração com a marca Siberia Hills, do designer russo Daf Orlovsky. Problema: apenas alguns dias depois, surgiram acusações de plágio. Em causa está uma camisola com capuz a exibir o personagem Nozomi Tojo, do projecto multimédia japonês Love Live!, que se assemelha a uma obra de arte de Makoto Kurokawa.

A responsabilidade foi prontamente assumida pela Siberia Hills, que apresentou desculpas públicas ao artista nipónico: “Ao talentoso artista Makoto Kurokawa, pedimos desculpas.” Na mesma nota, a empresa confirmou que Eilish não estava a par do sucedido: “Billie [Eilish] e sua equipa não sabiam.”

Entretanto, a empresa já cancelou a produção da roupa e a colecção foi retirada da loja online da compositora de Bad guy com a promessa de que todas as encomendas serão ressarcidas.