Está há cinco anos a combater abusos online. Agora escreveu um livro

A advogada Carrie Goldberg fundou uma sociedade para defender vítimas de abusos na Internet depois de ela própria ter sido assediada por um ex-companheiro. As histórias são narradas no livro Nobody’s Victim, publicado esta semana. Os gigantes da tecnologia, diz ao PÚBLICO, têm grande parte da culpa.

Foto
O livro de Goldberg relata vários casos em que a firma de advogados trabalhou Natan Dvir (cedida por Carrie Goldberg)

Houve dias em que Matthew tinha medo de chegar a casa. Chegou a encontrar vários estranhos à porta do seu apartamento em Nova Iorque à espera de sexo ou drogas. Tinham descoberto a sua morada no Grindr, um site de encontros para homens. Mas o nova-iorquino de 32 anos, que dividia os dias entre trabalhos pontuais como actor e modelo e o emprego a servir à mesa, nunca tinha utilizado o site.