Produção industrial recua 5,6% em Portugal

País registou em Junho a segunda maior queda homóloga face a 2018 da União Europeia. Só a Alemanha, com uma queda de 6,2%, ficou pior.

Metalurgia
Foto
Nelson Garrido

A produção industrial caiu 2,6% na zona euro em Junho, face ao mesmo mês do ano passado, e 1,9% no conjunto da União Europeia, anunciou esta quarta-feira o Eurostat.

Na comparação homóloga – Junho de 2019 face a Junho de 2018 –, Portugal registou o segundo maior recuo na Europa a 28 Estados-membros, a par da Croácia, com uma queda de 5,6% em ambos os casos, apenas superada pela quebra verificada na Alemanha (um decréscimo de 6,2% face a 12 meses antes).

Também na comparação mensal – Junho de 2019 face a Maio anterior –, Portugal teve das quedas mais pronunciadas: foi a terceira maior, com um recuo de 4,5%, apenas superado pelos recuos na Irlanda (menos 8,8%) e Dinamarca (menos 7,6%). Na maior economia europeia registou-se uma quebra menor, tendo a produção industrial alemã recuado de 1,8%, face a Maio deste ano. 

Em Maio, a produção industrial em Portugal já conhecera recuos, mas ligeiros, de 0,5% na comparação anual (abaixo da média da zona euro, de menos 0,8%), e de 0,4% na comparação mensal (enquanto na zona euro progredira 0,8%).

De acordo com estimativas hoje publicadas pelo gabinete oficial de estatísticas da União, na variação mensal, face a Maio imediatamente anterior, a produção industrial em Junho também caiu 1,6% no espaço da moeda única e 1,5% no conjunto dos 28 Estados-membros.