Em Aveiras, não se acreditava na requisição civil

Em Aveiras, os motoristas em greve garantem querer cumprir os serviços mínimos decretados e responsabilizam a Antram pelos problemas na disponibilização das escalas de trabalho. Os grevistas não acreditavam que fosse necessário avançar para a requisição civil, mas o Governo prepara-se para declará-la.

Sugerir correcção