Incêndio que obrigou ao corte da A6 em Montemor-o-Novo dominado

O combate ao incêndio chegou a mobilizar 69 operacionais e 21 viaturas terrestres, assim como três meios aéreos.

,Fogo
Foto
LUSA/PAULO NOVAIS

O incêndio agrícola que deflagrou na tarde deste domingo no concelho de Montemor-o-Novo (Évora) e que obrigou ao corte temporário dos dois sentidos da Auto-estrada 6 (A6), naquela zona, já está em resolução, revelou a Protecção Civil.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora disse à agência Lusa que o fogo “está em resolução”, ou seja, dominado, “desde as 17h25”.

O alerta para o fogo, que deflagrou na zona de Silveiras, no concelho de Montemor-o-Novo, foi transmitido aos bombeiros às 14h41, e as chamas consumiram pasto, mato e sobreiros. Devido ao sinistro, a circulação automóvel foi cortada na A6, nos dois sentidos, entre Montemor-o-Novo e Vendas Novas, revelaram o CDOS, a GNR e fonte oficial da Brisa, empresa concessionária da auto-estrada.

“A situação foi normalizada” e “os dois sentidos da auto-estrada foram reabertos às 17h08”, adiantou à Lusa fonte do Comando Territorial de Évora da GNR. No período em que a circulação esteve encerrada, “os automobilistas foram reencaminhados para outras vias pela GNR”, segundo o CDOS.

O combate ao incêndio chegou a mobilizar 69 operacionais e 21 viaturas terrestres, assim como três meios aéreos.