Porque os olhos também saboreiam, Leslie desenha comida. E Viseu vai poder provar

Leslie Wang
Fotogaleria
Leslie Wang

Um prato com queijo, azeitonas ou pão: não é preciso falar a mesma língua para perceber o que fazer. A comida é uma linguagem universal, comum entre diferentes culturas. E Leslie Wang mostra que a dimensão visual pode ser tão forte como a que os outros sentidos lhe conferem — não é por acaso que se diz que “os olhos também comem”.

A artista de Taiwan, que tem mestrado em Design Gráfico Ambiental, especializou-se em ilustrações de comida feitas a lápis de cor em papel kraft. Em 2015, fez a sua primeira exposição a solo, em Lisboa; quatro anos depois, a artista está de volta a Portugal para expor na Quinta da Cruz – Centro de Arte Contemporânea, em Viseu, que lançou o desafio de ilustrar o tema Viseu – Destino de Gastronomia à taiwanesa e a três artistas portuguesas.

Inês Flor, Carolina Maria e Rosário Pinheiro juntam-se a Leslie Wang para, até Novembro, cobrirem o espaço expositivo de trabalhos que querem contar a história d’A Gastronomia e o Resto. Uma ala do espaço recebe A journey through taste, de Leslie Wang, e a outra ala recebe rotativamente o trabalho das outras artistas.

Leslie Wang é fundadora do Ounce Studio, em Taipé, onde se dedica à ilustração gastronómica e à criação de murais e onde trabalha em colaborações com diversos chefs, restaurantes e hotéis em projectos de criação artística gastronómica. Leslie é também autora da Ounce magazine, uma publicação independente que, em 2017, venceu os prémios “melhor design” e “melhor ilustração” no Gourmand World Food Book. Em Portugal, o percurso da ilustradora começou com José Avillez.

Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Leslie Wang
Sugerir correcção