Homem caiu ao mar na Madeira e está dado como desaparecido

O alerta foi dado às 17h35 pelo Serviço Regional de Protecção Civil da Madeira. As buscas foram entretanto suspensas e serão retomadas no domingo.

Foto
PAULO PIMENTA (arquivo)

As buscas para encontrar o homem dado como desaparecido nos mar a norte da Madeira, na freguesia do Seixal, foram infrutíferas e foram suspensas devido à falta de luz, disse este sábado o comandante da Zona Militar da Madeira.

Guerreiro Cardoso adiantou à agência Lusa que a operação de busca para encontrar o homem, com cerca de 35 anos, “serão retomadas domingo, pelas 07h30”. O homem, que estava acompanhado “pelo padrasto”, caiu hoje ao mar na zona conhecida como “Mata Sete” no Seixal, no concelho do Porto Moniz.

“O padrasto esteve a ser apoiado psicologicamente”, referiu a mesma fonte.

Fonte dos bombeiros da localidade informou a Lusa que o alerta foi dado pelo Serviço Regional de Protecção Civil às 17h35 e foi desencadeada uma acção de busca e salvamento envolvendo várias entidades.

Guerreiro Cardoso acrescentou que as buscas decorreram “enquanto houve luz suficiente” e envolveram elementos da equipa de mergulho da Polícia Marítima, contando a operação com a colaboração de elementos dos bombeiros de São Vicente e Porto Moniz, do Corpo Voluntário de Salvadores Náuticos (SANAS) e da Polícia de Segurança Pública.

Sugerir correcção