Torne-se perito

Multidados diz que sondagem sobre futuros líderes do PSD é confidencial

Secretário-geral confirma que listagens de militantes “não saíram do sistema” informático do partido. Empresa garante que o painel é seu. PSD admite queixar-se à Comissão Nacional de Protecção de Dados.

Foto
José Silvano admite que quem encomendou a sondagem não tenha gostado do resultado e por isso não a divulgue Paulo Pimenta

A Multidados, a empresa que está a fazer um estudo de mercado sobre a confiança e a notoriedade de cinco nomes do PSD para eventualmente virem a ocupar a liderança do partido, garante que contactou militantes e simpatizantes sociais-democratas com base no seu painel de dados, que tem desenvolvido ao longo de duas décadas. E afirma que o resultado do estudo, assim como a identificação de quem o encomendou e de quem respondeu, é confidencial.