Viagem de InterRail entre o Reino Unido e Bruxelasde Londres para Bruxelas -  viagem " europa em 11 paragens " de interrail  , a proposito das Eleicoes Europeias  -
Foto
Viagem de InterRail entre o Reino Unido e Bruxelasde Londres para Bruxelas - viagem " europa em 11 paragens " de interrail , a proposito das Eleicoes Europeias - Joana Bourgard

Afinal, o Reino Unido vai continuar a fazer parte da rede InterRail

Britânicos vão poder continuar a viajar pela Europa e europeus continentais vão poder explorar os caminhos-de-ferro do Reino Unido como antes.

Já não há razão para preocupação, para mudanças de planos ou cancelamentos de viagens: as companhias ferroviárias britânicas deram um passo atrás e vão continuar a fazer parte do programa InterRail. Ainda esta semana, na quarta-feira, a organização da indústria ferroviária do Reino Unido, o Rail Delivery Group (RDG), anunciava a decisão de deixar de participar no programa e garantia que a deliberação em nada estava relacionada com o “Brexit” e partiu da Eurail, entidade europeia que gere o programa.

Entretanto, a medida gerou críticas de várias entidades e cidadãos, incluindo de membros do Governo britânico. Segundo a BBC, Grant Shapps, secretário de Estado dos Transportes, pediu que a RDG repensasse a sua decisão, o que acabou por acontecer esta sexta-feira, 9 de Agosto.

“Temos o prazer de anunciar aos passageiros que chegámos a um acordo e continuaremos a fazer parte dos passes do InterRail e Eurail”, anunciou a empresa através das redes sociais. “As empresas ferroviárias da Grã-Bretanha nunca quiseram sair da rede InterRail. Depois das reacções fortes à notícia da nossa saída, nós e a Eurail renovámos as negociações.”

Símbolo de férias baratas e de união entre os europeus, o InterRail abrange o Reino Unido desde 1973, ano em que se juntou à União Europeia. Mais recentemente, o programa passou a ser gratuito para milhares de jovens europeus de 18 anos ao abrigo de um programa da Comissão Europeia. A intenção da Comissão Europeia é vir a universalizar esta medida e fazer com que o InterRail seja uma espécie de “direito adquirido” para qualquer cidadão no ano em que chega à idade adulta. Em 2019 podem concorrer os jovens nascidos entre 2 de Julho de 2000 e 1 de Julho de 2001.