A <i>youtuber</i> Inês Guimarães
Foto
A youtuber Inês Guimarães André Rodrigues/ARQUIVO

MathGurl: o canal de YouTube dedicado à matemática chega ao fim

Descomplicar a matemática com dilemas e paradoxos curiosos era o objectivo de Inês Guimarães, a estudante que passou o amor pela comunicação e matemática para um canal de YouTube, que agora chega ao fim.

A youtuber portuguesa Inês Guimarães anunciou esta segunda-feira, 5 de Agosto, que o canal de YouTube MathGurl, dedicado a tornar a matemática mais interessante, chegou ao fim. Foi o “primeiro canal do YouTube sobre matemática em Portugal” e somou mais de 80 mil subscritores com paradoxos, geometria, raízes quadradas ou piadas matemáticas — um número significativo tendo em conta que a sua base é “o papão da matemática”.

Sem revelar a razão para o encerramento do canal, a portuguesa diz que é “uma decisão que dói”. E deixa a questão: “O que vamos fazer a seguir?” O P3 contactou a youtuber para saber qual a razão para o encerramento do canal, mas Inês Guimarães disse que preferia não comentar o assunto.

“Ao longo destes anos conheci pessoas e projectos incríveis”, diz Inês Guimarães num último vídeo (que será apagado em breve), no qual explica que vai deixar de publicar vídeos no canal, mas que todos os outros já publicados continuarão disponíveis. E agradece a todos os subscritores pelo apoio ao longo dos últimos anos.

Como contava ao P3 em 2018, foi ao treinar para as Olimpíadas Nacionais de Matemática — competição em que ganhou uma medalha de prata — que trocou os problemas aborrecidos das salas de aula por enigmas complexos e desafiantes. “As Olimpíadas fazem com que os participantes tenham realmente de puxar pela cabeça e de pensar fora da caixa, com criatividade.”

Para a portuguesa, a matemática não é um “bicho-de-sete-cabeças”, mas compreende a razão de ser tão assustadora para grande parte dos alunos: é uma área abstracta, que se passa sobretudo “dentro das nossas cabeças”. “Temos de ter um certo nível de maluqueira para entrar no mundo da matemática”, brincava.

Inês Guimarães, nascida em 1998, explicava que o canal tinha também muitos subscritores brasileiros, talvez porque estão mais habituados do que os portugueses a estudar a partir de vídeos e porque existem mais canais educativos no país.

A jovem dividia o seu tempo entre o canal e o curso de Matemática na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Tem um livro chamado Desafios matemáticos que te vão enlouquecer, lançado em Setembro de 2018 pela editora Manuscrito, e também uma série produzida para a plataforma RTP PlayMatemática Salteada, que ainda não se estreou e terá sete episódios.