“Voto latino” pode decidir as eleições na Madeira

Comunidade venezuelana no arquipélago pode eleger um ou dois deputados para a assembleia madeirense. Partidos mais à direita procuram capitalizar o sentimento anti-Maduro de quem regressa de Caracas.

,Venezuela
Foto
Protesto pela crise social e política na Venezuela frente ao consulado desse país no Funchal, em 2017 HOMEM DE GOUVEIA/LUSA

O que têm em comum Ana Cristina Monteiro e Carlos Fernandes? Muito. Ambos são lusodescendentes nascidos na Venezuela. Ambos pretendem ser a voz no parlamento madeirense da numerosa comunidade venezuelana, que começou a regressar em força ao arquipélago em 2016.