Parque eólico em Viana compensa pescadores com 1,2 milhões

Os armadores de Viana do Castelo vão receber um milhão de euros do consórcio liderado pela EDP pela instalação do Windfloat. Segundo o Governo, a REN garante mais 200 mil euros.

O Windfloat deverá estar em produção no final de 2019
Foto
O Windfloat teve uma fase de testes inicial com um protótipo instalado na Póvoa de Varzim © Jose Manuel Ribeiro / Reuters

O consórcio Windplus e a REN vão avançar com compensações de 1,2 milhões de euros aos armadores da região onde vão ser instaladas as três torres eólicas flutuantes do projecto Windfloat, que se prevê que estejam em produção no final deste ano.