Brasil

Bolsonaro põe militares e membros do seu partido na comissão que investiga desaparecidos na ditadura

Presidente da Comissão Especial sobre Mortos e Desaparecidos Políticos tinha criticado as declarações do Presidente sobre a morte do pai do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil nos anos 1970. Foi substituída por militante do PSL.