No Verão, as cigarras só querem comer, cantar e copular

Bem escondidos pela vegetação, os machos das cigarras cantam sem parar para atrair as fêmeas. Mas ao contrário da fábula de Esopo e La Fontaine, o “divertimento” não lhes dura a vida toda.

A formiga e o gafanhoto
Fotogaleria
Cicada orni Marcello Consolo/Wikimedia Commons
Inseto
Fotogaleria
Reuters/JOHN PRYKE

Se por estes dias estiver deitado numa praia do Algarve e ouvir um canto ensurdecedor de cigarras — “reeeeeeeeeee…” — o mais provável é estar rodeado por um “coro de bárbaras”. Acolhidos pela vegetação das falésias, os machos da espécie Cicada barbara tentam fazer-se ouvir para atraírem uma fêmea.