Hospital recusa novo tratamento a pacientes com “doença dos pezinhos”

Centro Hospitalar do Porto diz que não há ainda aprovação final do Infarmed e que não terá verba para pagar tratamento após o período gratuito. Em Lisboa foi autorizado e doentes falam em discriminação.

Hospital
Foto

O Centro Hospitalar Universitário do Porto (CHUP), que inclui o Hospital de Santo António, recusou aprovar os pedidos de 17 doentes com Paramiloidose (“doença dos pezinhos”) para acederem a tratamentos com dois novos medicamentos. Os doentes poderiam ter acesso a estes fármacos, com acesso gratuito garantido pelas farmacêuticas num primeiro período, no âmbito de um Programa de Acesso Precoce (PAP) que está a decorrer, enquanto se aguarda a sua aprovação de introdução no mercado pela Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed).