Nathao Dumlao/Unsplash
Foto
Nathao Dumlao/Unsplash

Startup Lisboa tem 30 mil euros para empreendedores da restauração

As inscrições para o From Start-to-Table estão abertas até 15 de Setembro e destinam-se a projectos do sector da restauração. Cada vencedor recebe dez mil euros.

A Startup Lisboa já abriu as candidaturas para a segunda edição do From Start-To-Table, um programa de aceleração para negócios ligados à restauração. Para concorrer, os projectos devem ter menos de três anos de existência e inserir-se numa das seguintes categorias: tecnologia para restauração, novos conceitos de restauração e produtos inovadores de comida e bebidas (food & beverage). Cada um dos vencedores recebe dez mil euros.

As candidaturas decorrem até 15 de Setembro e podem ser feitas no site oficial. Após esta primeira fase, o júri, composto por membros da Startup Lisboa e especialistas, vai seleccionar até 25 projectos para entrarem no programa. A partir de 18 de Outubro, e durante oito semanas, os candidatos escolhidos ficam encarregues da prototipagem e validação do produto, podendo contactar com especialistas e investidores do ecossistema. Os participantes vão trabalhar, em média, três dias por semana, a tempo inteiro.

Ao P3, Marta Miraldes, coordenadora do programa de aceleração, sublinha que a primeira edição do programa foi um sucesso. “Só na categoria de conceitos de restauração, 75% dos projectos já abriram portas ou vão abrir em breve”, realça. O programa visa a profissionalização da gestão nesta área, considerando a coordenadora que “o mercado está mais exigente" e, por isso, “para se vencer no ecossistema da restauração não basta uma boa receita –– há um consumidor exigente a quem é preciso dar resposta”. “A primeira edição foi uma prova de que conseguimos fazer isso sem perder de vista a paixão dos nossos empreendedores e a qualidade dos seus projectos.”

PÚBLICO -
Foto
Os premiados da primeira edição DR

De entre os premiados na edição anterior destacam-se a Why Not Soda, uma marca de refrigerantes biológicos concebida em Portugal, a TempJobs, um marketplace de trabalhadores independentes para a indústria da restauração, e a Breadfast, um serviço de entrega de pequeno-almoço ao domicílio que foi comprado pela Eat Tasty em Maio deste ano.

A Delta, a Sagres e a Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal foram alguns dos parceiros da primeira edição, também foi apoiada pela Turismo de Portugal, pela Inter Magazine e pelo N360. Um “motivo de orgulho” para Miguel Fontes, director executivo da Startup Lisboa: “Um programa desta dimensão e com esta ambição só é possível graças à colaboração de um conjunto muito relevante de parceiros.”