Opinião

Boris, um bobo de elite para o povo

A novidade é que Boris Johnson é um membro da elite que fará tudo para chegar ao poder nos dias de hoje, e isso inclui ridicularizar-se para fazer de conta que não é da elite.

Entre uma das muitas razões por que foi um erro crasso o Conselho Europeu rejeitar para a presidência da Comissão Europeia uma escolha validada pelos mais de duzentos milhões de cidadãos da UE que votaram nas últimas eleições europeias encontra-se esta: no dossier do Brexit, um(a) Presidente da Comissão Europeia assim legitimado(a) encontrar-se-ia frente a frente com Boris Johnson, agora eleito para líder do Partido Conservador e primeiro-ministro britânico por 92 mil votos. Nas anteriores rondas de votação, Boris Johnson teve sempre em torno de uma centena e meia de votos dos deputados conservadores. E no círculo pelo qual foi eleito para a Câmara dos Comuns, Boris Johnson teve 22 mil votos, cerca de cinco mil votos mais do que o segundo candidato.