Por terra e ar, a batalha contra as chamas continua

Os bombeiros estão a ganhar a guerra. Esta segunda-feira, o fogo que deflagrou durante o fim-de-semana em Vila de Rei já estava em resolução naquele município e em rescaldo a 70% no concelho vizinho de Mação, segundo a Protecção Civil.

Na zona de Roda, Cardigos, concelho de Mação Daniel Rocha
Fotogaleria
Na zona de Roda, Cardigos, concelho de Mação Daniel Rocha

Com centenas de homens no terreno, apoio aéreo e ainda a acção das máquinas de rasto das Forças Armadas, as chamas vão desta forma cedendo, apesar de as condições meteorológicas adversas — muito calor, pouca humidade e vento forte — terem potenciado um "comportamento extremo" do fogo durante o dia.

Segundo o INEM, foram auxiliados quatro operacionais durante a tarde, fazendo subir o número total para 39 assistidos desde o início do incêndio. Um civil permanece internado em estado grave em Lisboa.

Para esta noite, e quando os meios aéreos já não puderem ser utilizados, a Protecção Civil está a redefinir a estratégia, planeando recorrer ao ataque directo às chamas. 

Leia mais:

 

 

Na zona de Roda, Cardigos, concelho de Mação
Na zona de Roda, Cardigos, concelho de Mação Daniel Rocha
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação Daniel Rocha
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação Daniel Rocha
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação Daniel Rocha
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação Daniel Rocha
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação Daniel Rocha
Na zona de Roda, Cardigos, concelho de Mação
Na zona de Roda, Cardigos, concelho de Mação Daniel Rocha
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação
Na zona de Chaveira e Chaveirinha, em Mação Daniel Rocha