Um saco levou a PJ à casa do Gangue das Perucas

Escondiam a fisionomia com perucas, óculos de sol e bigodes falsos e foram responsáveis, acredita a polícia, por cerca de 20 assaltos que terão rendido mais de um milhão de euros. Foram presos num restaurante, pouco depois de terem roubado mais um banco.

Foto

A carreira do bando já ia longa, quando foi interrompida pela Polícia Judiciária (PJ), à mesa de um restaurante, a 14 de Agosto de 2007. Na realidade, apesar de três elementos do Gangue das Perucas terem sido condenados por ligações a apenas cinco assaltos a bancos na região Norte realizados naquele ano, a convicção da polícia é que o grupo terá sido responsável por cerca de 20 roubos similares, iniciados já em 2002. Mas a ligação só foi feita nos meses que antecederam a detenção. O principal responsável por colocar a PJ na rota dos suspeitos foi um saco utilizado num dos assaltos – na realidade, aquele saco levou os agentes, literalmente, à porta dos suspeitos.