Ministério da Justiça garante “menos filas e deslocações” para cartão do cidadão

Desde 20 de Junho que já foram feitos mais de treze mil pedidos online de renovação do cartão do cidadão, indica o Ministério da Justiça

Já se espera menos tempo para renovar o cartão de cidadão, garante o Ministério da Justiça
Foto
Já se espera menos tempo para renovar o cartão de cidadão, garante o Ministério da Justiça Manuel Roberto

O Ministério da Justiça garantiu esta sexta-feira que os cidadãos passam actualmente “menos tempo em filas e em deslocações” devido às várias medidas criadas para reforçar o atendimento do cartão do cidadão, como foi o caso da renovação online.

“As várias medidas já resultaram numa descompressão muito significativa do atendimento, permitindo que os cidadãos percam menos tempo em filas e em deslocações”, refere o ministério tutelado por Francisca Van Dunem, em comunicado.

Para reforçar a resposta dos serviços do cartão de cidadão face ao acentuado crescimento da procura nos últimos meses, o Governo criou novas soluções que visam diminuir o tempo de espera dos cidadãos que necessitam de renovar o seu documento de identificação. O Ministério da Justiça (MJ) indica que, entre essas soluções, está a possibilidade de renovação online do cartão do cidadão, que está em funcionamento desde 20 de Junho. Segundo o MJ, no primeiro mês foram realizados mais de 13 mil pedidos de renovação online.

No comunicado refere-se também que outra medida criada para melhorar o atendimento do cartão de cidadão diz respeito à possibilidade de reutilização dos dados do cidadão existentes no sistema, o que permitiu “a redução para metade do tempo médio de atendimento (cerca de cinco minutos) e o alargamento dos locais onde é possível solicitar a renovação do documento de identificação”.

O MJ precisa que, desde 20 de Maio, a renovação do cartão do cidadão pode ser feita não só nos balcões do Instituto dos Registos e do Notariado como também em dezenas de Espaços Cidadão de Lisboa, Algarve e Porto, “aumentando não só a oferta mas também a proximidade com os cidadãos”.

No mesmo documento é indicado que estão actualmente disponíveis 54 Espaços Cidadão, além de ter sido “adicionalmente disponibilizado um serviço de apoio personalizado para renovação online”.