Desemprego entre os recém-licenciados desce há cinco anos

Estão inscritos nos centros de emprego 3,4% dos diplomados do ensino superior público e mais de 60 cursos têm pleno emprego.

Foto
Andreia Carvalho

As portas do mercado de trabalho estão mais abertas para quem acaba o ensino superior. Os mais recentes dados oficiais mostram uma descida contínua no número de recém-licenciados inscritos nos centros do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) ao longo dos últimos cinco anos. Quem frequentou uma instituição pública tem mais hipóteses de encontrar um trabalho do que quem andou no privado, revelam os mesmos números.