Entrevista

Resistir é vencer na aldeia gaulesa de Kleber Mendonça Filho

Jurado da competição do Curtas Vila do Conde, o realizador brasileiro veio a Portugal estrear Bacurau, western-spaghetti distópico no interior de Pernambuco que celebra a resistência ao invasor. Grande Prémio do Júri em Cannes, o filme é e não é uma metáfora do Brasil que, com Bolsonaro, “começou a sair da estrada democrática”.

,Filme
Foto
Bacurau chegará às salas brasileiras em Agosto; em Portugal, não tem ainda distribuição assegurada DR

Ao apresentar Bacurau em antestreia portuguesa na abertura do 27.º Curtas Vila do Conde, Kleber Mendonça Filho (n. 1968) descreveu a sua terceira longa-metragem – após O Som ao Redor (2012) e Aquarius (2016) –, dirigida a meias com o cúmplice de longa data Juliano Dornelles, como um filme sobre o que pode acontecer no Brasil num futuro próximo “ou daqui a duas horas”.