Entre o gosto e a textura, em busca da batata frita perfeita

Crocância, consistência, temperatura: todos são elementos fundamentais para decidirmos se gostamos ou não de um alimento, defende o dinamarquês Ole G. Mouritsen, especialista em gastrofísica. E, no entanto, damos ainda pouca importância à textura.

Foto
Nuno Ferreira Santos

Será o sabor da comida algo de físico? O sabor resulta de um complexo conjunto de reacções que envolvem vários dos nossos sentidos – e também o cérebro. Mas, afirma o físico dinamarquês Ole G. Mouritsen, professor de gastrofísica e inovação alimentar na Universidade de Copenhaga, há na nossa percepção da comida uma dimensão totalmente física que tem a ver com a textura dos alimentos e com a sensação que ela nos provoca na boca.