Aeroportos portugueses somam 27,4 milhões passageiros no semestre

Principais infra-estruturas aeroportuárias geridas pelo grupo Ana/Vinci em Portugal registaram números melhores do que no primeiro semestre de 2018

,Novo Aeroporto de Lisboa
Foto
NELSON GARRIDO

Os aeroportos portugueses registaram um aumento de 7,2% no número de passageiros no primeiro semestre deste ano, face a igual período de 2018, atingindo um total de 27,4 milhões, de acordo com a Vinci, dona da gestora ANA – Aeroportos de Portugal.

No segundo trimestre, o número de passageiros que passou pelas infra-estruturas aeroportuárias foi de 16,4 milhões, um aumento de 7,8% face ao período homólogo, avançou o grupo.

Nos 12 meses até ao final do semestre o aumento homólogo foi de 6%, para 57,1 milhões de passageiros.

O aeroporto de Lisboa registou 14,6 milhões de passageiros no semestre, uma subida de 6,6%, sendo que no segundo trimestre a infra-estrutura atingiu os 8,3 milhões de passageiros, mais 8,5%.

No caso do Porto, a subida foi de 9,9%, registando os 6,1 milhões de passageiros no semestre, enquanto no trimestre o aumento foi de 10,3%, para 3,5 milhões de passageiros.

Já o aeroporto do Faro contabilizou um crescimento de 6,8%, para 3,9 milhões de passageiros, nos primeiros seis meses deste ano e de 5% para 2,9 milhões de pessoas no segundo trimestre.

Pela Madeira passaram no semestre 1,6 milhões de passageiros, mais 2,1% do que no período homólogo e 899 mil passageiros no segundo trimestre, uma subida de 0,3%.

O movimento nos Açores também cresceu, em 8,3% nos primeiros seis meses do ano (mais de um milhão de passageiros) e 9,2% no segundo trimestre (684 mil).

Globalmente, o grupo salientou que “durante o segundo trimestre de 2019, o número de passageiros na rede Vinci Airports [em vários países] aumentou 7,3% em comparação com o segundo trimestre de 2018, com um total de 66,2 milhões de passageiros movimentados em 46 aeroportos da rede”.

No primeiro semestre de 2019, o tráfego cresceu 6,7%, de acordo com a empresa.