Christoph Waltz estará de regresso à série James Bond

Actor foi visto nos estúdios de Londres onde actualmente está a ser rodado Bond 25, o novo capítulo das aventuras de 007, o Agente de Sua Majestade. Irá partilhar as forças do Mal com Rami Malek?

Christoph Waltz ladeado por Daniel Craig e Lea Seydoux
Foto
Christoph Waltz ladeado por Daniel Craig e Lea Seydoux DR

Quando se acreditava que o elenco de Bond 25, nome provisório do próximo filme da saga 007, estava fechado, um visitante acidental aos estúdios de Pinewood, em Londres, deparou com uma cara conhecida. “Tu não me viste aqui!”, invectivou-o a figura em causa, que era nem mais nem menos do que… Christoph Waltz, o actor que foi o vilão no capítulo anterior da série, Spectre (Sam Mendes, 2015), representado a personagem do maléfico Blofeld.

É claro que o visitante não se conteve e, refere o jornal The Guardian, foi de imediato avisar o repórter Baz Bamigboye, do Daily Mail...

Não houve, entretanto, nenhuma confirmação oficial, mas tudo leva a crer, pois, que não foi impunemente que o agente James Bond/Daniel Craig poupou Blofeld na sequência final de Spectre, após a queda do helicóptero que o transportava. Fica, no entanto, a dúvida sobre como é que a produção do filme – cuja rodagem teve início em Abril na Jamaica, e nos últimos dias está a decorrer nos estúdios londrinos – vai compatibilizar a presença de Waltz com a de Rami “Freddie Mercury” Malek, que tinha já sido anunciado como o vilão de Bond 25.

Talvez que a referência que o Guardian faz ao facto de o actor de Bohemian Rhapsody, filho de pais egípcios, ter dito que se recusava a entrar em cenas de violência ou terrorismo que envolvessem motivações religiosas possa abrir uma janela de oportunidade para Christoph Waltz, a quem – lembremo-nos das suas prestações em filmes de Tarantino, como Sacanas Sem Lei ou Django Libertado – esse tipo de cenas não oferecerá problemas de maior.

No resto, mantém-se válida a informação avançada na Primavera, de que, além de Daniel Craig e de Rami Malek, o elenco incluirá outros regressos à saga, como são os casos de Lea Seydoux (Madeleine Swann), Jeffrey Wright (Felix Leiter), Ben Whishaw (Q), Rory Kinnear (Tanner), Naomie Harris (Moneypenny) e Ralph Fiennes (M), aos quais se associam novos actores, como Lashana Lynch, David Dencik, Ana De Armas e Dali Benssalah. A realização, desta vez, está a ser assegurada por Cary Fukunaga, a trabalhar sobre um argumento de Neal Purvis, Billy Magnussen, Scott Z. Burns e Phoebe Waller-Bridge. A estreia mundial continua também marcada para 8 de Abril de 2020.