Por entre fraudes e detenções, subsídio de mobilidade para a Madeira passa a ser imediato

Beneficiários vão passar a pagar o valor exacto previsto no subsídio e o Estado vai reembolsar companhias aéreas. PJ continua atenta a fraudes e fez duas detenções no Funchal.

,Avião
Foto
LUSA/HOMEM DE GOUVEIA

A revisão do modelo do subsídio social de mobilidade para a Madeira foi aprovada por unanimidade esta quarta-feira na Comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas da Assembleia da República. O diploma, que vai a plenário para a votação final global a 19 de Julho, chegou a São Bento enviado pelo parlamento madeirense onde tinha sido aprovado, no ano passado, também por unanimidade.